ç

O que você está procurando?



Fechar

Carregando...

Insumos e equipamentos para diagnóstico - Caldo Lisina Caixa com 10 Tubos Newprov

Produto disponível
REF: PA73
R$ 37,10
caminhao Calcular prazo e entregas
 
Ver mais formas de pagamento
Parcelas Valor parcela Valor total
à vista R$ 37,10 R$ 37,10
3b6a464a_37c7_44f9_ac07_06d6459d5e56_jpeg_1354523686

Informações detalhadas sobre o produto

CALDO LISINA MEIO DE CULTURA BÁSICO DE MOELLER CONTENDO LISINA PARA DETECTAR A PRODUÇÃO DE LISINA-DESCARBOXILASE POR BACTÉRIAS.

APRESENTAÇÃO
Caixa com 10 tubos.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS

FINALIDADE
O caldo lisina tem por finalidade a diferenciação de Enterobacteriaceae com base
na capacidade de utilização de lisina (produção de lisina-descarboxilase- LDC).
Especialmente útil para diferenciar Salmonella spp. (positivas) de Proteus spp.
(negativas); Enterobacter cloacae (negativa) de Klebsiella pneumoniae (positiva).
A ativação da enzima LDC ocorre em pH ácido. Portanto, inicialmente a bactéria
deve utilizar a glicose, produzindo ácidos, o que torna o meio amarelo. Em uma
segunda etapa, se a bactéria produz a enzima LDC esta é ativada e promove a
descarboxilação da lisina e conseqüente alcalinização do meio, retornando à cor
original (púrpura) e indicando prova positiva. Caso a bactéria não produza esta
enzima só ocorrerá a fermentação da glicose e o meio permanecerá amarelo,
indicando prova negativa.

AMOSTRA
Crescimento em cultura pura de bacilos gram-negativos oxidase-negativos em
meio de triagem bioquímica (TSI, Rugai com lisina, EPM).

DESEMPENHO (ESPECIFICIDADE)
Enterobactérias

COMPOSIÇÃO
Peptona: 5 g/L; Extrato de carne: 5 g/L; Púrpura de bromocresol: 0,01 g/L;
Vermelho de cresol: 0,005 g/L; Glicose: 0,5 g/L; Piridoxal: 0,005 g/L;
Monocloridrato de l-lisina: 10 g/L; Água purificada: 1000 mL.

TÉCNICA DE USO

INOCULAÇÃO
Utilizar um crescimento em ágar não seletivo de 18 - 24 horas. Tocar o centro de
uma colônia bem isolada com agulha ou alça bacteriológica e inocular um tubo de
caldo lisina. Cobrir o conteúdo do tubo com uma camada de 4 a 5 mm de óleo
mineral estéril.

INCUBAÇÃO
Incubar a 35º+ 2°C por 18 a 24 horas e proceder a leitura. Reincubar os tubos negativos por até 4 dias. Incubar simultaneamente um tubo sem inocular para comparar a coloração no momento da leitura (também coberto com óleo mineral estéril).

LEITURA E INTERPRETAÇÃO DOS RESULTADOS

PROVA POSITIVA: Desenvolvimento de turvação com coloração púrpura.
PROVA NEGATIVA: Desenvolvimento de turvação com coloração amarela.

ARMAZENAMENTO
Conservar o produto em temperatura ambiente (10 a 30º C).
Válido por 300 dias após a fabricação.
Verificar o prazo de validade na embalagem.
Nunca utilizar produtos com validade expirada.

TRANSPORTE
Transportar o produto em temperatura ambiente (10 a 30º C).

CUIDADOS ANTES DO USO
Por tratar-se de material estéril, manusear o produto utilizando equipamentos de
proteção individual (luvas, avental e máscara) em ambiente com assepsia de
preferência em cabine de segurança biológica classe II.

FABRICANTE
NewProv Produtos para Laboratório Ltda.

REGISTRO MS
10287910073