ç

O que você está procurando?



Fechar

Carregando...

Insumos e equipamentos para diagnóstico - Ágar Cled/Macconkey Uriprov Pct C/10 Biplacas 90 x 15 Newprov

Produto disponível
REF: PA50
R$ 43,10
caminhao Calcular prazo e entregas
 
Ver mais formas de pagamento
Parcelas Valor parcela Valor total
à vista R$ 43,10 R$ 43,10
3b6a464a_37c7_44f9_ac07_06d6459d5e56_jpeg_1354523686

Informações detalhadas sobre o produto

Meios de cultura em biplaca para isolamento de bactérias patogênicas na urina
NOME TÉCNICO
BIPLACA ÁGAR CLED/ÁGAR MACCONKEY
Apresentação
Pacote com 10 biplacas 90x15mm – Cód. PA50

COMPOSIÇÃO
ÁGAR CLED: Peptona de caseína: 4,0 g/L; Peptona de gelatina: 4,0 g/L; Lactose: 10,0 g/L; L-cistina: 0,128 g/L; Extrato de carne: 3.0 g/L; Azul de bromotimol: 0,02 g/L; Ágar bacteriológico: 15,0 g/L;Água purificada: 1000 mL.
AGAR MACCONKEY: Peptona de caseína: 1,5 g/L; Peptona de gelatina: 17,0 g/L; Peptona de carne: 1,5 g/L; Cloreto de sódio: 5,0 g/L; Lactose: 10,0 g/L; Sais biliares: n.º 3: 1,5 g/L; Cristal violeta: 0,001 g/L; Vermelho neutro: 0,03 g/L; Ágar bacteriológico: 13,5 g/L; Água purificada: 1000 mL.

ARMAZENAMENTO
Conservar o produto sob refrigeração (2 a 8° C).
Válido por 120 dias após a fabricação.
Verificar o prazo de validade na embalagem.
Nunca utilizar produtos com validade expirada.

TRANSPORTE
O produto pode ser transportado em temperatura ambiente (10 a 30º C) por até 120 horas.

CUIDADOS ANTES DO USO
Por tratar-se de material estéril, manusear o produto utilizando equipamentos de proteção individual (luvas, avental e máscara) em ambiente com assepsia de preferência em cabine de segurança biológica classe II.

MATERIAIS E EQUIPAMENTOS NECESSÁRIOS NÃO FORNECIDOS COM O PRODUTO
Alça bacteriológica e swabs para coleta das amostras.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS
- FINALIDADE
ÁGAR CLED: O meio CLED (Cistina Lactose Eletrólito Deficiente) tem por finalidade isolar, quantificar e identificar presuntivamente os principais uropatógenos. A quantidade restrita de eletrólitos previne o crescimento em véu (swarming) típico de algumas cepas de Proteus mirabilis. Bactérias que fermentam a lactose diminuem o pH do meio produzindo colônias amarelas, enquanto as colônias lactose-negativas se apresentam azul-esverdeadas (semelhantes à coloração original do meio).
ÁGAR MACCONKEY: Tem por finalidade isolar e diferenciar os principais microrganismos gram-negativos encontrados nas diferentes amostras clínicas. O meio contém cristal-violeta e sais biliares para inibir microrganismos gram-positivos e favorecer o crescimento de gram-negativos. A presença de lactose permite a diferenciação inicial das bactérias isoladas em fermentadoras e não-fermentadoras da lactose, útil para o reconhecimento de coliformes e enteropatógenos como Salmonella e Shigella.

- AMOSTRA
Amostras de urina coletadas assepticamente pela técnica do jato intermediário ou por punção supra-púbica. Amostras de pacientes cateterizados deverão ser coletadas seguindo instruções do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) local. Amostras de pacientes pediátricos coletadas em saco coletor deverão ser orientadas pelo médico ou pessoal especializado.

- TÉCNICA DE USO
INOCULAÇÃO
1- Homogeneizar bem a amostra de urina e tomar 1µL do material (ou 10 µL, dependendo da densidade bacteriana visualizada na gota de urina não centrifugada e corada pelo Gram), submergindo a alça calibrada
perpendicularmente e logo abaixo da superfície da amostra;
2- Descarregar a amostra tomada com a alça calibrada na superfície do ágar CLED, inoculando o meio com uma estria central de uma borda a outra do meio e depois com estrias perpendiculares a esta, possibilitando assim a obtenção de colônias isoladas;
3- Flambar a alça, resfriar e repetir o procedimento no outro lado da placa (ágar MacConkey).

INCUBAÇÃO
INCUBAR AS PLACAS SEMEADAS POR 18 A 24 HORAS A 35º + 2º C.
LEITURA E INTERPRETAÇÃO DOS RESULTADOS
ÁGAR CLED: Se houver desenvolvimento microbiano, realizar a coloração de Gram das colônias para definir se o micro-organismo é uma bactéria gram-positiva (coco ou bacilo gram-positivo), gram-negativa (bacilo gram-negativo) ou pertencente a outro grupo (p. ex. leveduras). Muitas colônias apresentam características típicas neste meio. Após a observação do crescimento e análise das características das colônias no meio de cultura, proceder a contagem de colônias e a identificação rotineira.
ÁGAR MACCONKEY: O crescimento de microrganismos no meio de MacConkey define a presença de um bacilo gram-negativo (BGN) na amostra. Após a observação do crescimento e análise das características das colônias deve-se proceder a identificação. As bactérias lactose-positiva (coloração róseoavermelhada) são provavelmente enterobactérias. Para as colônias lactosenegativa (incolores) deve-se realizar a prova da oxidase (Newprov). Bactérias
oxidase-negativas são provavelmente enterobactérias, já as oxidase-positivas são na sua maioria bacilos gram-negativos não fermentadores da glicose (NF).

CONTAGEM DE COLÔNIAS
Contar o número de colônias de aspecto idêntico que cresceram no ágar CLED e multiplicar pelo fator de diluição (1000 para alça de 1 µL ou 100 para alça de 10 µL). O resultado obtido será expresso em UFC/mL. Contagens superiores a 105 UFC/mL, geralmente são significativas e entre 103 a 105 UFC/mL, requerem interpretação individualizada.

DESCARTE DO PRODUTO E DA AMOSTRA
Descartar o produto e a amostra de acordo com o programa de gerenciamento de resíduos do laboratório.
* Para o produto sem contato com a amostra seguir o plano de gerenciamento de resíduos químicos.
* Para a amostra e produto com amostra seguir plano de gerenciamento de resíduos infectantes ou possivelmente infectantes.
* Após incubação o produto deverá ser autoclavado a 121º C por 30 minutos e descartado em lixo apropriado

REGISTRO NO MINISTÉRIO DA SAÚDE:
10287910050

Produto Indicado para uso profissional em: Hospitais, Ambulatórios, Laboratórios, consultórios e Clínica

Fabricante
Newprov